Combinando Kit Relação para XT660R

Tópico: Combinando Kit Relação para XT660R

Este tópico foi visto 3284 vezes e possui 20 comentários.

Conectar

  • Lista de usuários marcados

    Boa tarde amigos, Tudo bem ! Sou de Curitiba, novo no Fórum... e preciso trocar relação da XT 660r Fui indicado a comprar kit coroa+pinhao Riffel combina com corrente did. acabou que comprei o kit riffel por R$ 220,00, agora só falta a corrente. encontrei no mercado livre a corrente did 520vp2x110 com retentor por R$ 420,00. Quero saber se Essa corrente serve com o kit Riffel que eu JÁ comprei. kit riffel que comprei: Coroa: 45 dentes Pinhão: 15 dentes

    Este tópico foi visto 3284 vezes e possui 20 comentários.
    Página 1 de 3 123
    Combinando Kit Relação para XT660R 3284 Reviews

      Avaliar Tópico: Combinando Kit Relação para XT660R

      Nota média: | Total: 0 pessoas votaram | Tópico visualizado 3284 vezes.


    1. Usuário Registrado
      [Autor do Tópico]

      Estado
      PR PR
      Cidade
      CURITIBA
      Posts
      3
      Data de Ingresso
      Jan 2017
      Estado civil
      Solteiro(a)
      Yamaha XT660R


      Take The Flag - ttf.xt660.net
      Bandeiras portadas:



      Estados onde estive de moto:
      PR
      Clique para adicionar em seu perfil

      Combinando Kit Relação para XT660R

      Boa tarde amigos, Tudo bem !
      Sou de Curitiba, novo no Fórum... e preciso trocar relação da XT 660r
      Fui indicado a comprar kit coroa+pinhao Riffel combina com corrente did.
      acabou que comprei o kit riffel por R$ 220,00, agora só falta a corrente.
      encontrei no mercado livre a corrente did 520vp2x110 com retentor por R$ 420,00.
      Quero saber se Essa corrente serve com o kit Riffel que eu JÁ comprei.

      kit riffel que comprei:
      Coroa: 45 dentes
      Pinhão: 15 dentes
      passo 520

      Correntte quero comprar:
      corrente Did 520vp2x110

      Então amigos ? vai dar boa ?

    2. Curtida(s) Augusto (usuários que curtiram)

    3. Usuário Registrado

      Estado
      SC SC
      Cidade
      Tubarão/SC - Praia Grande/SC
      Posts
      549
      Data de Ingresso
      Dec 2013
      Estado civil
      Casado(a)
      Yamaha XT660R Azul


      Take The Flag - ttf.xt660.net
      Bandeiras portadas:



      Estados onde estive de moto:
      PR RS SC SP
      Clique para adicionar em seu perfil
      Vai sim!! coloquei esse kit ainda essa semana.
      "Somente um motociclista sabe porque um cachorro põe a cara para fora da janela quando anda de carro."

    4. Curtida(s) Augusto (usuários que curtiram)

    5. Usuário Registrado
      [Autor do Tópico]

      Estado
      PR PR
      Cidade
      CURITIBA
      Posts
      3
      Data de Ingresso
      Jan 2017
      Estado civil
      Solteiro(a)
      Yamaha XT660R


      Take The Flag - ttf.xt660.net
      Bandeiras portadas:



      Estados onde estive de moto:
      PR
      Clique para adicionar em seu perfil
      Sério Jean ? pow muito obrigado cara .
      eaii como esta sendo essa combinação ???

    6. Curtida(s) Augusto (usuários que curtiram)

    7. Usuário Registrado

      Estado
      SP SP
      Cidade
      Araçatuba
      Posts
      1.576
      Data de Ingresso
      Nov 2012
      Estado civil
      Casado(a)
      XT 660R, Negona, 2011/12


      Take The Flag - ttf.xt660.net
      Bandeiras portadas:



      Estados onde estive de moto:
      ES GO MG MS PR RS SC SP TO
      Clique para adicionar em seu perfil
      Caro @Síntese!

      A XT já teve as seguintes correntes originais na sua história:
      DID VP - considerada fraca e substituída pela VP2
      DID VP2 - substituída pela VX2
      DID VX2 - corrente atual, com tensão de ruptura de 8200 Lb (3700 kgf)

      Assim a DID VX2 possui a especificação mínima para ser usada em uma XT 660. Devido ao grande torque da moto, a XT é reconhecida pelo desgaste mais prematuro de relações e pneus (lógico que depende da mão de cada um).

      Geralmente não se recomenda nada inferior à VX2. O que se tem que procurar, entre os diversos modelos e marcas são os dados técnicos, como a tensão de ruptura.

      Não encontrei na net mais nenhuma informação da VP2, nem nos sites da DID (Brasil, EUA e Japão), tente dar uma busca.

      Entre em contato com a Corcopin, em SP, eles tem todos os modelos: um kit Riffel (15x45) + DID 520 VX2 estava por 680,00 dias atrás.

      O barato pode sair caro: já há aqui no fórum dezenas de histórias sobre correntes de qualidade inferior que quebraram, felizmente os relatos só nos mostraram sustos, poucos ralados e destruição de partes da moto. Corrente inferior, não compensa o risco.

      Aproveitando a deixa: muitos acham que trocar uma corrente 520 por uma 525 já garante maior segurança, isso pode não ser verdade. Às vezes pode-se ter uma corrente 525 com tensão de ruptura menor do que uma 520. O que vale mesmo são as especificações técnicas, sempre.

      Procure mais informações sobre a VP2, no caso de dúvida, vá para a VX2 ou melhor.

      Abraço!
      ----------------------------------
      Meus veículos: XT 660R-Negona, Fusca Azeitona-72, Caloi Berlineta Dobrável (restaurada), Monark Monareta (a restaurar).
      Ex: XL700V Transalp, Falcon NX4, XL250R, Vespa PX200, Fusca Trovão Azul-76, Caloi 10, Caloi Berlineta Dobrável.

    8. Curtida(s) ph.jow.pc, Ricardo XTRed, Tikim, Tomasini (usuários que curtiram)

    9. Usuário Registrado
      [Autor do Tópico]

      Estado
      PR PR
      Cidade
      CURITIBA
      Posts
      3
      Data de Ingresso
      Jan 2017
      Estado civil
      Solteiro(a)
      Yamaha XT660R


      Take The Flag - ttf.xt660.net
      Bandeiras portadas:



      Estados onde estive de moto:
      PR
      Clique para adicionar em seu perfil
      #RUY Obrigado pelas dicas. !
      algumas horas antes de seu comentário, acabei comprando a DID VP2.
      Vou andar na boas com ela #ounão haha
      Abraço, obrigado.


    10. Sócio-Colaborador Tomasini é um Sócio-Colaborador xt660.net

      Estado
      SC SC
      Cidade
      Porto União - Florianópolis
      Idade
      40
      Posts
      4.321
      Data de Ingresso
      May 2012
      Estado civil
      Namorando
      Ténéré 660 2015 Azul


      Take The Flag - ttf.xt660.net
      Bandeiras portadas:



      Estados onde estive de moto:
      AC MG MS MT PR RJ RO RS SC SP
      Clique para adicionar em seu perfil
      Minha última foi uma DID VP2...corrente interessante, com quilometragem de troca (por segurança) entre 10.000 e 12.000 km...

      Atualmente estou com uma EK...outra boa opção, com uma durabilidade um pouco maior.

      Abração

    11. Curtida(s) Soueu, Leomir (usuários que curtiram)

    12. Usuário Registrado

      Estado
      SE SE
      Cidade
      Aracaju
      Posts
      268
      Data de Ingresso
      May 2015
      Estado civil
      Namorando
      Yamaha XT 660R Azul 2010






      Utilizo na minha coroa e pinhão brandy, corrente kmc. Não tenho do que reclamar, já está na moto a um ano.


    13. Usuário Registrado

      Estado
      SP SP
      Cidade
      Araçatuba
      Posts
      1.576
      Data de Ingresso
      Nov 2012
      Estado civil
      Casado(a)
      XT 660R, Negona, 2011/12


      Take The Flag - ttf.xt660.net
      Bandeiras portadas:



      Estados onde estive de moto:
      ES GO MG MS PR RS SC SP TO
      Clique para adicionar em seu perfil
      Sobre KMC: vantagem é o custo! Mas...
      Pesquisei as tensões:

      520 - mínimo: 2.710 kgf, médio: 3050 kgf (inferior - motos 250 cc - não usar)

      525 -
      mínimo: 2.710 kgf, médio: 3050 kgf (inferior - motos 250 cc - não usar)

      520H - mínimo: 3.100 kgf, médio: 3300 kgf (inferior - motos 250 cc - não usar)


      520UO (com oring) - mínimo: 3.300 kgf, médio: 3850 kgf (fica próximo à DID VX2, mas a própria KMC recomenda para motos de até 400 cc)

      520DX (Motocross) - mínimo: 3.600 kgf, médio: 3950 kgf (fica próximo à DID VX2, mas a própria KMC recomenda para motos de até 400 cc)

      525UO (com oring) - mínimo: 3.600 kgf, médio: 4000 kgf (fica próximo à DID VX2, mas a própria KMC recomenda para motos de até 500 cc)

      São correntes mais baratas, eu só compraria em emergências e não rodaria os 25.000 km que estou acostumado a rodar com a DID VX2 habitual.
      ----------------------------------
      Meus veículos: XT 660R-Negona, Fusca Azeitona-72, Caloi Berlineta Dobrável (restaurada), Monark Monareta (a restaurar).
      Ex: XL700V Transalp, Falcon NX4, XL250R, Vespa PX200, Fusca Trovão Azul-76, Caloi 10, Caloi Berlineta Dobrável.

    14. Curtida(s) Dr_Acaraje, Anwar (usuários que curtiram)

    15. Usuário Registrado

      Estado
      SP SP
      Cidade
      Região de Campinas
      Idade
      60
      Posts
      1.630
      Data de Ingresso
      Jan 2012
      Estado civil
      Casado(a)
      xt 660 2005 e outras






      Uma condução agressiva exige componentes robustos, já se a condução é tipo tio tiozinho domingueiro (eu !) tudo resiste e dura muito mais por razões óbvias.
      Sempre na boa, sempre na paz ... com a alma aberta para mundo tentando entende-lo.

    16. Curtida(s) Ruy (usuários que curtiram)
    17. 13/03/2017


    18. Usuário Registrado

      Estado
      SC SC
      Cidade
      Pinhalzinho
      Idade
      38
      Posts
      76
      Data de Ingresso
      Apr 2016
      Estado civil
      Namorando
      XT660R 2015 Branca





      Estados onde estive de moto:
      PR RS SC SP
      Clique para adicionar em seu perfil
      Obrigado senhores pelas dicas, estou precisando trocar o kit relação e corrente da minha XT, após os 35.000 km começou a mostrar sinais de desgaste.

    Página 1 de 3 123

    Informações de Tópico

    Usuários Navegando neste Tópico

    Há 1 usuários navegando neste tópico. (0 registrados e 1 visitantes)