Aventura de moto em Machu Picchu e Atacama [2013]

Tópico: Aventura de moto em Machu Picchu e Atacama [2013]

Este tópico foi visto 4995 vezes e possui 7 comentários.

Conectar

  • Lista de usuários marcados

    Olá pessoal! Eu (Gilberto) e meu primo (Pedro) também fizemos uma viagem de moto. Em setembro de 2013 empreendemos uma jornada de quase 11.000 km e realizamos nossa primeira grande viagem internacional de moto passando por cinco países da América do Sul (Brasil, Bolívia, Peru, Chile e Argentina). Estávamos em duas XT660R. A fim de compartilhar nossas experiências e poder motivar quem ainda tem vontade de fazer uma viagem como essa criei um site para descrever, de forma bem detalhada,

    Este tópico foi visto 4995 vezes e possui 7 comentários.
    Aventura de moto em Machu Picchu e Atacama [2013] 4995 Reviews

      Avaliar Tópico: Aventura de moto em Machu Picchu e Atacama [2013]

      Nota média: | Total: 0 pessoas votaram | Tópico visualizado 4995 vezes.


    1. Usuário Registrado
      [Autor do Tópico]

      Estado
      MG MG
      Cidade
      Belo Horizonte
      Posts
      48
      Data de Ingresso
      Nov 2011
      Estado civil
      Não informado
      Yamaha XT660R 2010






      Aventura de moto em Machu Picchu e Atacama [2013]

      Olá pessoal!

      Eu (Gilberto) e meu primo (Pedro) também fizemos uma viagem de moto. Em setembro de 2013 empreendemos uma jornada de quase 11.000 km e realizamos nossa primeira grande viagem internacional de moto passando por cinco países da América do Sul (Brasil, Bolívia, Peru, Chile e Argentina). Estávamos em duas XT660R. A fim de compartilhar nossas experiências e poder motivar quem ainda tem vontade de fazer uma viagem como essa criei um site para descrever, de forma bem detalhada, todas as dificuldades e problemas que tivemos e, também, os momentos de alegria sentidos durante a viagem. Além disso, disponibilizei uma enorme quantidade de fotos que foram tiradas durante o percurso, algumas delas mostradas aqui.

      Já estarei satisfeito se eu conseguir que aqueles que já fizeram uma viagem desse tipo tenham boas recordações ao verem o relato da nossa viagem. Melhor ainda se puder encorajar e estimular os motociclistas que ainda sonham em concretizar uma empreitada como essa. A seguir, deixo apenas um pequeno resumo do que passamos. O site que criei para relatar nossa jornada foi o www.kallasweb.com

      Citação Citação
      ...Ousadia demais? Uma grande pretensão? Assunto apenas para especialistas? Entre um e outro desses pensamentos que me ocorriam, naquela poca, cavucara minha cachola tentando encontrar uma rota de fuga e, assim, pensei que se outras pessoas, outrora, tiveram a mesma intenção que a nossa e foram muito bem sucedidas em concretizar seus planos, e por diversas vezes ainda em condições bastante mais precárias, então, porque razão não poderíamos fazê-lo também.

      Tínhamos pela frente a oportunidade de uma grande aventura, uma enorme conquista, no mínimo, um belíssimo passeio. Medo? Todos temos, em maior ou menor grau. Das outras pessoas não sei, se precisar ajudo no que puder, porém, no que me diz respeito, ao me perguntarem sobre algum receio do que possa acontecer, eu digo: “Ora, medo? Tenho, sem dúvida, mas, vou assim mesmo!”

      Passamos por inúmeros tipos de paisagens; vimos lugares com muita vegetação e outros com quase nenhuma, e até mesmo desérticas; transpusemos montanhas altíssimas e percorremos retas infindáveis; margeamos o oceano pacífico e tangenciamos uma variedade de lagos, alguns, por vezes, até congelados; andamos no asfalto, na terra, na areia e no barro; fomos rápido e devagar, nos desequilibramos e, certa feita, até tombamos, mas levantamos; acertamos muitos caminhos, porém, nos confundimos em outros; estivemos atrasados ali e adiantados acolá; sentimos frio intenso e congelante e, por outro lado, muito calor, até sufocante por assim dizer; enfrentamos diversos tipos de condições climáticas: chuva, sol, neblina, neve e, ainda, tempestades de areia; surpreendemo-nos positivamente e, de outra forma, nos frustramos também; bem-vindos, nos saudavam alguns, outros, no entanto, rangiam os dentes e até rosnavam; ficamos perdidos e, depois, nos reencontramos; peças quebraram e foram consertadas; tivemos muitos momentos de empolgação, outros, nem tanto, e até com algum estresse, confesso...
      Abraço!
      Boas viagens para todos!

      Vejam algumas imagens:

      Trajeto executado da viagem


      Gilberto


      Pedro


      Estrada da morte, entre La Paz e Coroico - Bolívia


      Estrada da morte, entre La Paz e Coroico - Bolívia


      Estrada da morte, entre La Paz e Coroico - Bolívia


      Estrada da morte, entre La Paz e Coroico - Bolívia


      Ilha do Sol no lago Titicaca - Copacabana/Bolívia.


      Ilha do Sol no lago Titicaca - Copacabana/Bolívia.


      Ilha do Sol no lago Titicaca - Copacabana/Bolívia.


      Salineras de Maras ao norte de Cusco - Peru


      Machu Picchu - Peru


      Machu Picchu - Peru


      Machu Picchu - Peru


      Vale do Colca - Chivay - Peru


      Pneu furado do Pedro em Punta de Bombón - Peru


      Cidade fantasma de Humberstone - Deserto do Atacama - Chile


      Mão do deserto - Atacama - Chile


      Gêiseres del Tatio - Atacama - Chile


      Laguna Cejar - Atacama - Chile


      Olhos do deserto - Atacama - Chile


      Corrente fora do "trilho" - Posadas - Argentina
      Última edição por Kallas; 08/05/2014 às 11:14 PM.


    2. Usuário Registrado

      Estado
      ES ES
      Cidade
      Jaguaré
      Idade
      36
      Posts
      3.273
      Data de Ingresso
      Aug 2010
      Estado civil
      Casado(a)
      XT 660Z Ténéré 11/12


      Take The Flag - ttf.xt660.net
      Bandeiras portadas:




      Muito bom Kallas, parabéns pela bela viagem.
      ------------------------------------------


    3. Coordenador Fabricio_JLLE é um Sócio-Colaborador xt660.net

      Estado
      SC SC
      Cidade
      Joinville
      Idade
      34
      Posts
      2.024
      Data de Ingresso
      Dec 2013
      Estado civil
      Casado(a)
      Terere 660 cinza 2016


      Take The Flag - ttf.xt660.net
      Bandeiras portadas:



      Estados onde estive de moto:
      ES GO MG MS MT PR RJ RS SC SP
      Clique para adicionar em seu perfil
      Bela trip, parabéns!!!


    4. Usuário Registrado

      Estado
      RS RS
      Cidade
      Porto Alegre
      Idade
      58
      Posts
      342
      Data de Ingresso
      Jun 2013
      Estado civil
      Casado(a)
      YAMAHA XT 660 R Azul 2005






      Ééééé........ claro que dá água na boca..........
      Estive em janeiro por aquelas bandas e, praticamente, já estou nos preparativos para a próxima, agora passando por Machu Pichu e Colombia......hehehehe
      As fotos são muito legais, a estrada da morte noa bolívia é de lascar, mas uma experiencia inesquecível.... só quem já passou por lá sabe......
      um grande abraço amgos, vou com certeza nevegar no site de voces.
      Edu's


    5. Coordenador Paul Barrett é um Sócio-Colaborador xt660.net

      Estado
      SP SP
      Cidade
      Atibaia
      Idade
      60
      Posts
      4.041
      Data de Ingresso
      Jan 2011
      Estado civil
      Casado(a)
      Perfil no Facebook:
      Meu perfil no Facebook
      Yamaha XT 660R 2012 azul Honda XLX 250R 1987 Honda C100 Biz 2005


      Take The Flag - ttf.xt660.net
      Bandeiras portadas:



      Estados onde estive de moto:
      DF GO MG MS PR RJ RS SC SP
      Clique para adicionar em seu perfil
      Bela viagem, já fiz parte do roteiro e futuramente pretendo fazer o resto e mais um pouco...

      Como bem sabe o Edu's, corrente da XT é ponto crítico na preparação da viagem e não deve ser menosprezado... a corrente é a D.I.D VP2 original? Quantos km rodados ela já estava quando escapou? Foi dado algum ajuste antes?

      E vamos lá no site...
      Cuidado com o stress...
      Mais vale chegar atrasado neste mundo... do que adiantado no outro.


    6. Usuário Registrado
      [Autor do Tópico]

      Estado
      MG MG
      Cidade
      Belo Horizonte
      Posts
      48
      Data de Ingresso
      Nov 2011
      Estado civil
      Não informado
      Yamaha XT660R 2010






      Bom dia pessoal!
      Fico grato pelo feedback e contente que tenham gostado.

      Paul Barrett, a respeito da corrente era a original sim. Já estava com uns 17.000 km quando aconteceu dela escapar da coroa. Pegamos muita estrada de terra e areia fofa... Eu cuidava de lubrificar sempre, mas, alguma sujeira pode ter se infiltrado nas juntas dos elos da corrente fazendo com que alguns deles ficassem mais rígidos e pouco flexíveis. Até cheguei a apertar a corrente uma vez, antes de acontecer, mas, confesso que tenho certa culpa, pois, em parte por falta de experiência até descuidei um pouco depois do primeiro ajuste.

      Contudo, também posso dizer que a moto do meu primo estava nas mesmas condições que a minha e não aconteceu nada com ela... nem mesmo um aperto na corrente foi necessário. A diferença maior foi o fato de eu ter usado óleo de corrente para lubrificá-la e o meu primo ter optado por graxa mesmo, que parece durar mais.

      Fora isso, moto sensacional, sem problemas.

      Abraço!


    7. Usuário Registrado

      Estado
      PA PA
      Cidade
      Belém/PA
      Posts
      145
      Data de Ingresso
      Sep 2012
      Estado civil
      Não informado
      Yamaha XT 660R Azul 2011/2012





      Estados onde estive de moto:
      AL BA DF GO MA PA PE PI RJ 130917202 RS SC SE SP TO
      Clique para adicionar em seu perfil
      Muito boa as fotos e o relato!

      Sobre a corrente, eu prefiro usar óleo do que graxa por essta acumular sujeira na transmissão, mas tem a vantagem de durar mais. Já com óleo tem a desvantagem de durar menos do que a graxa, e corrente não lubrificada o risco de quebra aumenta, eu mesmo já tive duas quebradas simplesmente por esquecimento.
      Última edição por Ivan Jr; 06/05/2014 às 05:05 PM.

      Abraços
      Belém - Pará - Amazônia - Brasil
      www.ivanmotoviagem.blogspot.com


    8. Usuário Registrado

      Estado
      RS RS
      Cidade
      Porto Alegre
      Idade
      58
      Posts
      342
      Data de Ingresso
      Jun 2013
      Estado civil
      Casado(a)
      YAMAHA XT 660 R Azul 2005






      Postado originalmente por kallas
      Bom dia pessoal!
      Fico grato pelo feedback e contente que tenham gostado.

      Paul Barrett, a respeito da corrente era a original sim. Já estava com uns 17.000 km quando aconteceu dela escapar da coroa. Pegamos muita estrada de terra e areia fofa... Eu cuidava de lubrificar sempre, mas, alguma sujeira pode ter se infiltrado nas juntas dos elos da corrente fazendo com que alguns deles ficassem mais rígidos e pouco flexíveis. Até cheguei a apertar a corrente uma vez, antes de acontecer, mas, confesso que tenho certa culpa, pois, em parte por falta de experiência até descuidei um pouco depois do primeiro ajuste.

      Contudo, também posso dizer que a moto do meu primo estava nas mesmas condições que a minha e não aconteceu nada com ela... nem mesmo um aperto na corrente foi necessário. A diferença maior foi o fato de eu ter usado óleo de corrente para lubrificá-la e o meu primo ter optado por graxa mesmo, que parece durar mais.

      Fora isso, moto sensacional, sem problemas.

      Abraço!
      Gilberto
      Estou deixando de usar graxa pela sujeira que faz, meu amigo a minha moto, os alforges e o bauleto ficaram todos melados de graxa na última trip, cada parada e abertura dos ditos cujos era uma sujeira incrível nas mãos e nem sempre tinha como lavar....... spray de óleo adequado é suficiente...desde que se mantenha a atenção a cada 300 km mais ou menos, se voce lubrificar pela manhã e na parada para o almoço já é suficiente, se a tarde render mais, então numa das para dinhas para abastecimento é só dar uma atenção para a corrente que ficará tudo bm.
      Tive a corrente partida, entre Corrientes e Paso de Los Libres, mas foi desatenção minha, a minha corrente estava dando no pau, precisando de ajustes diários, na última noite em solo Argentino a esticada na corrente foi grande, no dia seguinte fiz 390 km "no pau" (150km/h em média), ao chegar em Libres a dita arrebentou.... Se eu tivesse dado uma olhada e constatado que já estava bem frouxa novamente, teria evitado o pior com uma simples esticada na corrente....
      Mas tudo são lições, na próxima oportunidade vou ficar mais ligado neste aspecto, fora o lance de que, não é possível iniciar uma trip de 10 mil km sem colocar uma relação nova e um par de pneus zero.
      Já estou me preparando para a próxima.....hehehehehe

      PARCEIROS????

      um abraço
      Edu's

    Informações de Tópico

    Usuários Navegando neste Tópico

    Há 1 usuários navegando neste tópico. (0 registrados e 1 visitantes)

    Tópicos Similares

    1. Viagem Atacama/Machu Picchu
      Por Fabricio_JLLE no fórum Viagens
      Respostas: 117
      Último Post: 01/04/2016, 02:02 PM
    2. Uyuni/Machu Picchu/Nazca/Atacama - [Jan/2015]
      Por Edus no fórum Projetos de Viagens
      Respostas: 98
      Último Post: 03/04/2015, 04:29 AM
    3. Atacama - Machu Picchu Quem sabe
      Por GusMol no fórum Viagens
      Respostas: 10
      Último Post: 17/02/2014, 10:01 AM
    4. Machu Picchu e Atacama - Janeiro/2013
      Por Silvio no fórum Viagens
      Respostas: 67
      Último Post: 24/01/2014, 08:10 AM
    5. São Paulo X Machu Picchu via Acre, SET/OUT ou NOV 2013
      Por Anderson Magrão no fórum Viagens
      Respostas: 8
      Último Post: 12/05/2013, 04:16 PM