Carta aos futuros ou novos motociclistas - Página 2

Tópico: Carta aos futuros ou novos motociclistas

Este tópico foi visto 9983 vezes e possui 36 comentários.

Conectar

  • Lista de usuários marcados

    Se você pretende ser um motociclista, eu gostaria de te passar alguma experiência, baseada nas situações pelas quais eu já passei. No que diz respeito a motos, eu aprendi, nestes meus 45 anos de motociclismo, que tomar um “esfrega” (cair, e arrastar no chão) não é uma questão de ‘se’, mas uma questão de ‘quando’, ainda mais se você utiliza a moto cotidianamente, como eu. Moto é para quem tem “culhões”, seja o motociclista um homem, ou uma mulher. Claro que medo, todo o ser normal tem que ter.

    Este tópico foi visto 9983 vezes e possui 36 comentários.
    Página 2 de 4 1234
    Carta aos futuros ou novos motociclistas 9983 Reviews

      Avaliar Tópico: Carta aos futuros ou novos motociclistas

      Nota média: | Total: 0 pessoas votaram | Tópico visualizado 9983 vezes.


    1. Usuário Registrado
      [Autor do Tópico]

      Estado
      RJ RJ
      Cidade
      Rio de Janeiro/RJ
      Posts
      43
      Data de Ingresso
      Jan 2013
      Estado civil
      Divorciado(a)
      Falcon


      Take The Flag - ttf.xt660.net
      Bandeiras portadas:




      Postado originalmente por Marcelo Magal
      Muito bom o texto, malaguti!

      "Nenhum ser humano deveria cometer a arrogância de se utilizar como régua para medir os outros"... bacana isso.
      Mas não é Marcelo? Fica o pecador querendo ensinar padre à rezar missa... Um bando de gente que não entende do assunto, querendo meter a colher...


    2. Usuário Registrado
      [Autor do Tópico]

      Estado
      RJ RJ
      Cidade
      Rio de Janeiro/RJ
      Posts
      43
      Data de Ingresso
      Jan 2013
      Estado civil
      Divorciado(a)
      Falcon


      Take The Flag - ttf.xt660.net
      Bandeiras portadas:




      Postado originalmente por Junior
      Parabéns! Belo texto, ja vou ficar mais esperto só de ler isso.
      Obrigado Júnior!


    3. Usuário Registrado
      [Autor do Tópico]

      Estado
      RJ RJ
      Cidade
      Rio de Janeiro/RJ
      Posts
      43
      Data de Ingresso
      Jan 2013
      Estado civil
      Divorciado(a)
      Falcon


      Take The Flag - ttf.xt660.net
      Bandeiras portadas:




      Postado originalmente por Atobá
      Ótima reflexão Fábio mesmo eu discordando quando vc fala que não se deve pegar estradas com motos abaixo de 400cc.
      Um motociclista atento pode tranquilamente dar a volta ao mundo em uma 125.
      No mais,parabéns por compartilhar o que anos sobre duas motos te ensinaram.
      Grande abc
      Obrigado pelo elogio Atobá.

      Quanto ao que vc. discorda, acho que todos concordamos que o pior tipo de acidente, para um motociclista, é ser abalroado por trás, pois o atropelamento e morte subsequente é inevitável. Uma forma do motociclista se proteger desse tipo de acidente é ele desenvolver uma velocidade de cruzeiro superior ao tráfego. Depois de muito viajar, adotei para mim a velocidade de 120/130 Km/h. Ela sempre me evitou os perigos que vem por trás. Para isso é necessária uma moto que desenvolva velocidades de pelo menos 180 km/h, para não "esguelhar" o motor andando nessa velocidade, e para que se tenha reserva de potência para acelerar e sair de eventuais loucos hiper velozes querendo te derrubar por trás.

      Repare bem: Não há atenção que evite, por exemplo, um motorista de caminhão bêbado, dormindo no volante, com o pé afundado no acelerador. Ainda mais quando a sua moto não tem potência pra acelerar rápido e te tirar desse tipo de situação. Desse tipo de encrenca só se escapa estando em uma velocidade acima do FDP. Só falamos até agora dos acidente involuntários. Mas tem muito espirito de porco dirigindo por aí. Tem os desgraçados que te fecham porque conseguiram te ultrapassar, tem os que te jogam pra fora da estrada, na cerca de arame farpado... E deles você só estará protegido se você não der a chance de ser alcançado.

      Resumindo. Tenha uma moto de, no mínimo 400/500cc pra andar com segurança na estrada, sem estourar o motor andando de final o tempo todo.


    4. Usuário Registrado
      [Autor do Tópico]

      Estado
      RJ RJ
      Cidade
      Rio de Janeiro/RJ
      Posts
      43
      Data de Ingresso
      Jan 2013
      Estado civil
      Divorciado(a)
      Falcon


      Take The Flag - ttf.xt660.net
      Bandeiras portadas:




      Postado originalmente por geovane
      Bacana repassar toda essa experiência. Obrigado. Saúde !!
      Por nada Geovane.
      Escrevi este texto depois de reparar que na WEB não havia nenhuma literatura para motociclista, direcionado aos "patos novos". Foi logo depois que uma grande amiga minha perdeu um filho de 19 anos, por uma bobeira que ele não teria cometido se tivesse lido o meu texto.
      Lamento não ter escrito antes...


    5. Usuário Registrado
      [Autor do Tópico]

      Estado
      RJ RJ
      Cidade
      Rio de Janeiro/RJ
      Posts
      43
      Data de Ingresso
      Jan 2013
      Estado civil
      Divorciado(a)
      Falcon


      Take The Flag - ttf.xt660.net
      Bandeiras portadas:




      Postado originalmente por Rafael Gimenes
      mas ficaria melhor o dirijir por pilotar.
      Rafael me desculpe. Eu não entendi a frase citada.

      Quanto à escolha da sua moto, se vc. anda cotidianamente na cidade, e tem o ábito de viajar, ela é perfeita pra você.


    6. Sócio-Colaborador Paul Barrett é um Sócio-Colaborador xt660.net

      Estado
      SP SP
      Cidade
      Atibaia
      Idade
      59
      Posts
      4.024
      Data de Ingresso
      Jan 2011
      Estado civil
      Casado(a)
      Perfil no Facebook:
      Meu perfil no Facebook
      Yamaha XT 660R 2012 azul Honda XLX 250R 1987 Honda C100 Biz 2005


      Take The Flag - ttf.xt660.net
      Bandeiras portadas:



      Estados onde estive de moto:
      DF GO MG MS PR RJ RS SC SP
      Clique para adicionar em seu perfil
      Malaguti, uma das coisas mais marcantes nessa vida de motociclista são os acidentes... dei muita sorte, já tive excelentes oportunidades de passar desta pra melhor, mas para alguns amigos não foi assim. Quem de nós não tem algum amigo ou conhecido que se foi em acidentes, seja de moto, seja de carro... nem tudo nessa vida são flores. Só a sorte mesmo pra ajudar...

      No Portal BigTrails, um amigo nosso, o Vitão, acabou de ter alta do hospital depois de mais de um mês internado... acidente devido a uma falha mecânica na sua Monster T 600... algum problema no pneu/câmara dianteiro e ele deu de cara num poste. Deu sorte no azar, se recuperou de fratura na perna, no pulso e na cabeça, fora outros detalhes...
      É mais um item na sua lista: a manutenção da moto nos mínimos detalhes... nada de moto fora de condições... se não puder trocar os pneus, por ex, melhor não andar com a moto do que ele explodir e te matar...

      O Alexandre Durigan, o Piu, já tá mais pra pato velho... alta kilometragem, muito rodado... kkkkk Já passou dos 30, o anel tá gasto, daqui a pouco começa a queimar óleo... kkkk mesmo assim é um em que eu subo na garupa, coisa rara de acontecer, tenho muito medo de andar na garupa... kkkk
      Cuidado com o stress...
      Mais vale chegar atrasado neste mundo... do que adiantado no outro.


    7. Usuário Registrado

      Estado
      PA PA
      Cidade
      Belém/PA
      Posts
      145
      Data de Ingresso
      Sep 2012
      Estado civil
      Não informado
      Yamaha XT 660R Azul 2011/2012





      Estados onde estive de moto:
      AL BA DF GO MA PA PE PI RJ 130917202 RS SC SE SP TO
      Clique para adicionar em seu perfil
      Postado originalmente por Atobá
      Ótima reflexão Fabio mesmo eu discordando quando vc fala que não se deve pegar estradas com motos abaixo de 400cc.
      Um motociclista atento pode tranquilamente dar a volta ao mundo em uma 125.
      No mais,parabéns por compartilhar o que anos sobre duas motos te ensinaram.
      Grande abc
      Peço permissão para usar as mesmas palavras do Atobá.

      Uma moto 250/300cc pode até não ser a ideal, mas fica próximo disso. Pelo que foi citado no primeiro post a Falcon também não seria a moto ideal, imaginando que a vel. final dela seja 145km/h então andar com vel. de cruzeiro a 33% menor é igual 97,15 Km/h, e a velocidade ideal para andar na estrada citada no primeiro post é entre 110 e 120 Km/h.
      Última edição por Ivan Jr; 15/01/2013 às 12:59 PM.

      Abraços
      Belém - Pará - Amazônia - Brasil
      www.ivanmotoviagem.blogspot.com


    8. Usuário Registrado

      Estado
      BA BA
      Cidade
      SANTA CRUZ CABRALIA
      Idade
      58
      Posts
      4.736
      Data de Ingresso
      Feb 2010
      Estado civil
      Não informado
      TÉ 660 Azul 12- TÉ 250 Azul 12-Suzi GS 120 13


      Take The Flag - ttf.xt660.net
      Bandeiras portadas:




      Caro Malaguti.
      Depois de mais de 60 motos e algo em torno de 800 mil km rodados em todo tipo de terreno,em 33 anos de motociclismo, com apenas um tombo no asfalto(e vários na terra),minha maior preocupação é com os outros e com o que eles fazem mas para este motorista de caminhão(ou não)bebado,com o pé no fundo,não tem 1300 rr super mega blaster que resolva principalmente que o mais provável é ele vir de frente e não por trás.
      Vc já deve ter pensado nisto quando compartilha uma curva com um rodotrem de 60 toneladas.Nestas horas é que realmente temos a noção do risco que corremos e mais uma vez,a cilindrada não afeta em nada.
      Continuo não concordando apenas com esta questão.Viajo muito com motos pequenas(atualmente uma XRE300)e o que vejo é muito respeito por parte dos caminhões.Carros sempre empurram mas estou sempre atento e mesmo em motos maiores não passo de 110/120,um pouco mais que na 300 e isto a 33 anos.
      É claro que se o cara tem grana para comprar uma moto grande tudo bem mas se não tem,monte na que está na garagem e vá ser feliz.
      Grande abc
      Gosta de fora de estrada?Então participe.
      https://www.facebook.com/groups/foradaestrada


    9. Usuário Registrado

      Estado
      SP SP
      Cidade
      Monte Alto
      Idade
      37
      Posts
      1.609
      Data de Ingresso
      Jul 2010
      Estado civil
      Não informado
      BMW F800gs 30 anos, CRF 230 2007


      Take The Flag - ttf.xt660.net
      Bandeiras portadas:




      Postado originalmente por Paul Barrett

      O Alexandre Durigan, o Piu, já tá mais pra pato velho... alta kilometragem, muito rodado... kkkkk Já passou dos 30, o anel tá gasto, daqui a pouco começa a queimar óleo... kkkk mesmo assim é um em que eu subo na garupa, coisa rara de acontecer, tenho muito medo de andar na garupa... kkkk
      kkkk Obrigado pelo elogio Paul

      só p/ explicar o q quis dizer: " ja viu adolecente q é impaciente? qué tudo na hora!!! foi isso q quis dizer!!! pois o texto é longo e ter q saber intepretar!!!
      NÃO viva a vida como se fosse o ultimo dia, MAS VIVA SENTINDO COMO SE FOSSE O ULTIMO!!!


      INFORMAÇÃO,LAZER,DICAS DE VIAGENS,AMIZADES........
      AQUI TEM MUITA MAS CUSTA PARA MANTER
      CAMPANHA 10%.20 REAIS É MUITO POUCO
      http://www.xt660.com.br/socio_colaborador.php



    10. Usuário Registrado
      [Autor do Tópico]

      Estado
      RJ RJ
      Cidade
      Rio de Janeiro/RJ
      Posts
      43
      Data de Ingresso
      Jan 2013
      Estado civil
      Divorciado(a)
      Falcon


      Take The Flag - ttf.xt660.net
      Bandeiras portadas:




      Postado originalmente por Ivan Jr
      Peço permissão para usar as mesmas palavras do Atobá.

      Uma moto 250/300cc pode até não ser a ideal, mas fica próximo disso. Pelo que foi citado no primeiro post a Falcon também não seria a moto ideal, imaginando que a vel. final dela seja 145km/h então andar com vel. de cruzeiro a 33% menor é igual 97,15 Km/h, e a velocidade ideal para andar na estrada citada no primeiro post é entre 110 e 120 Km/h.
      Oi Ivan. Como eu disse, para mim, ideal só motos com mais de 180Km/h de final para colocar na estrada à 120/130 de velocidade de cruzeiro. Mas é claro que, se vc. vai do Rio à búzios (170 Km) uma ou duas vezes no semestre, Não tem problema vc. colocar 120Km/h na Falcon, que dá uns 150 Km/h de final. Esguela o motor uma vez na vida e outra na morte, mas ainda tem reserva de potência pra alguma coisa. Já pras 250cc, 120 Km/h já é final, ou quase. Se torcer o da direita, não sai mas nada. Ai só deus pra te ajudar, se vc. precisar de mais potência pra sair do sufoco. Eu, que tenho a Falcon, se o meu panorama mudar, e eu tiver que fazer uma viajem destas (Búzios) duas vezes por mês, já vou tratar de mudar a minha moto pra uma 600, muito provavelmente a Versys da Kawazaki. Eu tenho dó de esguelar o motor das magrelinhas. Isso acaba com a vida útil dos motores. Velocidade de cruzeiro é um conceito criado na marinha mercante pra se conseguir otimizar o custo dos motores das embarcações. Velocidade de cruzeiro, para eles, é 2/3 da velocidade máxima. Eu procuro reproduzir isso com meus carros, e com as minhas motos. Acho saudável para o seu bolso, que vc. adote essa prática. Tem gente que vai pra estrada com scooter 50cc. E tem gente que não acha nada demais. Eu dou mais valor à minha vida...

    Página 2 de 4 1234

    Informações de Tópico

    Usuários Navegando neste Tópico

    Há 1 usuários navegando neste tópico. (0 registrados e 1 visitantes)

    Tópicos Similares

    1. Seguro Carta-Verde
      Por Gaion no fórum Assessoria Juridica
      Respostas: 9
      Último Post: 01/03/2013, 12:03 AM
    2. Novos bauletos de alumínio RONCAR
      Por Roncar no fórum Acessórios
      Respostas: 119
      Último Post: 26/12/2012, 12:50 PM
    3. Rodas e pneus semi novos
      Por Chico 13 no fórum Peças, Acessórios e Equipamentos
      Respostas: 0
      Último Post: 19/04/2011, 11:41 PM
    4. Notificações de Novos Recordes nos Jogos
      Por Anwar no fórum Administração do Fórum
      Respostas: 72
      Último Post: 21/12/2010, 06:42 AM
    5. Me apresentando aos novos amigos
      Por lito no fórum Apresentações
      Respostas: 8
      Último Post: 01/02/2010, 12:59 PM