O quê fez você optar pelo lado Trail do motociclismo?

Tópico: O quê fez você optar pelo lado Trail do motociclismo?

Este tópico foi visto 25461 vezes e possui 27 comentários.

Conectar

  • Lista de usuários marcados

    Caríssimos, Pretento criar um artigo para o jornal xt660.net com as melhores respostas para a dada pergunta: O quê fez você optar pelo lado Trail do motociclismo? É importante relatar todo o percurso, desde que iniciou no mundo das 2 rodas, até hoje! Transcreva essa paixão em quantas linhas desejar.

    Este tópico foi visto 25461 vezes e possui 27 comentários.
    Página 1 de 3 123
    O quê fez você optar pelo lado Trail do motociclismo? 25461 Reviews

      Avaliar Tópico: O quê fez você optar pelo lado Trail do motociclismo?

      Nota média: | Total: 0 pessoas votaram | Tópico visualizado 25461 vezes.


    1. Administrador Anwar é um Sócio-Colaborador xt660.net
      [Autor do Tópico]

      Estado
      PR PR
      Cidade
      Curitiba
      Idade
      36
      Posts
      5.622
      Data de Ingresso
      Sep 2009
      Estado civil
      Não informado
      Perfil no Facebook:
      Meu perfil no Facebook
      Honda Lead Preta 2010


      Take The Flag - ttf.xt660.net
      Bandeiras portadas:



      Estados onde estive de moto:
      MG PR RJ SC SP
      Clique para adicionar em seu perfil

      O quê fez você optar pelo lado Trail do motociclismo?

      Caríssimos,

      Pretento criar um artigo para o jornal xt660.net com as melhores respostas para a dada pergunta:

      O quê fez você optar pelo lado Trail do motociclismo?

      É importante relatar todo o percurso, desde que iniciou no mundo das 2 rodas, até hoje!

      Transcreva essa paixão em quantas linhas desejar.

      Saudações.


    2. Usuário Registrado

      Estado
      MS MS
      Cidade
      Campo Grande
      Idade
      55
      Posts
      683
      Data de Ingresso
      Mar 2010
      Estado civil
      Solteiro(a)
      BMW F800GS Adventure e GasGas Cami 250F 2014


      Take The Flag - ttf.xt660.net
      Bandeiras portadas:



      Estados onde estive de moto:
      AL BA CE DF ES GO MA MG MS MT PA PB PE PI PR 130809842 RS SC SE SP TO
      Clique para adicionar em seu perfil
      eu só tive motos trails e motocross a vida toda, atraido pela versatilidade delas. começando com uma DT180 que eu desmontava pra andar na terra nos finais de semana, passando por XL250, XLX250 2 carburadores (fazia um cof e apagava qdo mais precisava dela), XLX350, SAHARA, YZ125, KX125, XT600, KDX200, Lander, XT660. agora pensando em uma transalp ou v-strom 1000.


    3. Usuário Registrado

      Estado
      BA BA
      Cidade
      SANTA CRUZ CABRALIA
      Idade
      58
      Posts
      4.736
      Data de Ingresso
      Feb 2010
      Estado civil
      Não informado
      TÉ 660 Azul 12- TÉ 250 Azul 12-Suzi GS 120 13


      Take The Flag - ttf.xt660.net
      Bandeiras portadas:




      Nasci em uma cidade cercada de montanhas e fiz o caminho contrário de muita gente, indo morar em uma fazenda até os dez anos onde respirava natureza e liberdade todo o tempo.
      Ao voltar para Bh,ainda garoto,descobri uma paixão inexplicável pelos veículos de duas rodas com um motor, invariávelmente fumaçento, no meio.Eram as Suzukis TS's,as Yamahas Dt's , Hondas XL's e algumas poucas européias que chegavam no Brasil,todas importadas para as mãos de poucos.


      Nunca me esqueço do dia ,no começo dos anos 70,em que na sala do colegio Santo Inácio de Loyola,alguém comentou que tinha sido lançada a revista duas rodas.Foi aquele burburinho e na volta a pé para casa, paramos,eu e o grande amigo Max Vêrmeio,para comprar na banca do Nelson aquela que veio a ser a primeira revista brasileira que falava só de motos.
      Somada a este abastecimento mensal de informações,Bh já era uma capital que respirava off road pela proximidade das montanhas pois não se gastava mais de 15 minutos para ir do centro aos morros da região de macacos.
      Tinha também a equipe do "Geraldin" Starling,um dos pioneiros do motocross em MG,que ficava em frente a casa do Vêrmeio e ai era uma babação ver aquelas Yamahas de cross amarelas e pretas,lindas,que chegavam nas segundas, imundas , mais lindas ainda,de alguma corrida mas ficavam ali paradas quase a semana toda nos esperando passar para uma benção todos os dias.Eventualmente tinha a chance de ver os idolos Nivanor Bernardes,Moronguinho,Paulé ,Walter "Tucano",Chaveta e sua rara KTM,dentre outros, em etapas do brasileiro disputadas em Minas Gerais.



      Fui crescendo a a paixão pelas motos,principalmente as de paralama alto,também.Minhas favoritas eram a DT250 e a XL tambem 250 mas na altura do campeonato até uma velossolex me satisfaria.Para piorar,além de não ter condições de me dar uma moto,minha familia tinha paura por elas e então eu teria que me virar ao meu modo.
      Com 16 anos passei a trabalhar mas a primeira moto só veio aos 19.O mesmo modelo em que eu aprendi andar,já trabalhando em uma fazenda e morando em uma cidade proxima,uma Yamaha TT125,a primeira "Trail"feita no Brasil.Comprei semi nova e a levei rodando 350 kms para a "roça".Foi minha primeira "grande viagem".Eu a usava só para deslocamentos da fazenda até a cidade.
      Algum tempo depois , 2 acidentes sérios com cavalos e ter perdido a paciênçia com o lerdo burro "Zé Bétio",vendi a TTzinha e comprei uma XL250 R vermelha e passei a usa-la para percorrer os 6 mil hectares da fazenda,cuidando, tocando gado e no fim do do dia ainda andava mais 80 kms,sendo 60 de terra para voltar para a cidade de Bocaiúva,no norte mineiro.Dava uma média de 200 kms dia em uma mistura de asfalto, terra e trilhas.




      Dai para as competições foi um pulo,outras Xls,outras DTs,vitórias em enduros regionais,patrocínio de uma grande revenda Agrale, vitórias e bons resultados em diversas corridas no disputadíssimo cenário do Enduro mineiro dos anos 80 até que em 1989,fiz minha ultima corrida em MG,em Téofilo Otoni,saindo logo depois com a moto no reboque para viver outro grande sonho que era morar na Bahia .Já não gastava para correr e mais um ano poderia estar ganhando algum dinheiro. Voltei a correr 5 anos depois,já com a deliciosa italiana Husqvarna WR250 2T e a ajudar organizar as etapas do Baiano e Brasileiro de regularidade em Porto Seguro.




      Em um desses levantamentos,sofri um sério acidente,machucando os 2 joelhos e para não ficar longe da minha paixão,passei a viajar de motos custons mas o cheiro de lama e poeira do passado continuava a pertubar até que resolvi voltar a fazer o que tinha feito várias vezes de DT,XL e Agrale:viajar por estradas de terra mas em uma escala maior.

      A falta de compromisso com tempo,a riqueza da paisagem,a diversidade de pessoas,as dificuldades impostas ,o cheiro de terra e bichos e a herança do meu passado rural é o que me leva ao fascinante lado fora de estrada das motocicletas e que graças aos céus,moramos em um país continental e que se oferece,garboso,aos aventureiros de plantão.A XT é o meu competente passaporte para este mundo,é a melhor.
      A coleção da 2 Rodas,desde a primeira edição,foi jogada no lixo,junto com outra dos Beatles,por uma uma secretária da casa da minha mãe.Confesso que foi mais fácil engolir a perda dos discos mas seu papel já tinha sido cumprido e o amor pelas motos e seus prazeres permitidos,consolidados.
      Tá explicado???????????????




    4. Usuário Registrado

      Estado
      SP SP
      Cidade
      São Paulo
      Idade
      39
      Posts
      2.423
      Data de Ingresso
      Mar 2011
      Estado civil
      Casado(a)
      EX - YAMAHA XT660R AZUL 2012 - SÓ COM CARRO POR ENQUANTO !!!






      Putz Atobá, com isso ninguém tem mais coragem de postar mais nada, vc ganhou a reportagem, show de bola, parabéns............
      " " "CHICO 13" " "


    5. Usuário Registrado

      Cidade
      Rio de Janeiro/RJ
      Idade
      42
      Posts
      286
      Data de Ingresso
      Oct 2010
      Estado civil
      Não informado
      Xt660 2006






      Concordo 100% com voce, Chico.
      O Atoba e um covarde.....rs
      Haja historia, hein....
      Grande mestre Atoba...


    6. Usuário Registrado

      Estado
      RJ RJ
      Cidade
      Rio de Janeiro
      Idade
      51
      Posts
      1.285
      Data de Ingresso
      Nov 2010
      Estado civil
      Casado(a)
      Perfil no Facebook:
      Meu perfil no Facebook
      BMW, F 800 GS, Triple Black, 2012


      Take The Flag - ttf.xt660.net
      Bandeiras portadas:



      Estados onde estive de moto:
      MG PR RJ SC SP
      Clique para adicionar em seu perfil
      Putz, depois de ler o que ao Atobá postou eu tb nem vou me arriscar a escrever coisa alguma. Anwar, na próxima vez que vc tiver uma idéia destas, desliga o perfil do Atobá só por 24h, assim isso nos dará uma dianteira na corrida para escrever o próximo artigo, pois o cara já está em um nível, digamos assim, de Sebastian Vettel, por isso da próxima vez precisamos largar com com folga enquanto ele fica nos boxes só por 24h, ok? Rsrsrsrr... Atobá, vc é... o cara!


    7. Usuário Registrado

      Estado
      SP SP
      Cidade
      Orlândia- Sp
      Posts
      117
      Data de Ingresso
      Dec 2010
      Estado civil
      Namorando
      Xt 660r






      O Atoba deveria escrever um livro com sua historia!
      Nem falo nada eu não tenho tanto conteudo assim!


    8. Usuário Registrado

      Estado
      SP SP
      Cidade
      Araraquara
      Idade
      45
      Posts
      347
      Data de Ingresso
      Nov 2009
      Estado civil
      Não informado
      XT660/08






      concordo com o Chico
      Parabens Atoba, ficou ótimo


    9. Sócio-Colaborador Paul Barrett é um Sócio-Colaborador xt660.net

      Estado
      SP SP
      Cidade
      Atibaia
      Idade
      59
      Posts
      4.024
      Data de Ingresso
      Jan 2011
      Estado civil
      Casado(a)
      Perfil no Facebook:
      Meu perfil no Facebook
      Yamaha XT 660R 2012 azul Honda XLX 250R 1987 Honda C100 Biz 2005


      Take The Flag - ttf.xt660.net
      Bandeiras portadas:



      Estados onde estive de moto:
      DF GO MG MS PR RJ RS SC SP
      Clique para adicionar em seu perfil
      Atobá, essa DT 250 é uma moto linda até hj... foi meu sonho de consumo... tinha a linha inteira, MiniEduro 50, AG 100, AT1, DT 125, DT 250 e DT 360, todas 2T!
      TT 125 um amigo aqui tinha, e eu ia com ele pra tudo quanto é lado de RS 125, com guidão tomaselli... quando entrava no barro, era triste.
      Até fiz o motor da TT pra ele...
      Honda XL 250 R tive uma igual à sua, azul 1984... acho que a melhor moto que já tive...
      Abraço
      Cuidado com o stress...
      Mais vale chegar atrasado neste mundo... do que adiantado no outro.


    10. Usuário Registrado

      Estado
      SP SP
      Cidade
      São Paulo
      Idade
      39
      Posts
      2.423
      Data de Ingresso
      Mar 2011
      Estado civil
      Casado(a)
      EX - YAMAHA XT660R AZUL 2012 - SÓ COM CARRO POR ENQUANTO !!!






      PAUL, guidão tomaseli sempre usei nas minha mobiletes.......
      " " "CHICO 13" " "

    Página 1 de 3 123

    Informações de Tópico

    Usuários Navegando neste Tópico

    Há 1 usuários navegando neste tópico. (0 registrados e 1 visitantes)

    Tópicos Similares

    1. Troco Suzuki GSX 750F por Big Trail
      Por Guto - JLLE no fórum Vendas de Motocicletas
      Respostas: 3
      Último Post: 15/04/2015, 07:32 PM
    2. Passeio de Big Trail na Trilha do Telégrafo
      Por tsbega no fórum Trilhas e Off-Road
      Respostas: 30
      Último Post: 24/04/2014, 08:54 PM
    3. Respostas: 9
      Último Post: 20/02/2013, 02:31 AM
    4. Do outro lado do oceano
      Por Ziggy no fórum Apresentações
      Respostas: 12
      Último Post: 30/03/2012, 01:56 AM
    5. Yamaha realinha o preço da trail XT 660R
      Por Alexandre no fórum Boteco [Off Topic]
      Respostas: 53
      Último Post: 19/10/2011, 07:06 PM