PDA

Ver Versão Completa : Corte na aceleração da XT660R



zerocom
25/10/2009, 03:23 PM
Galera, to com um problema crônico na minha moto e ja faz um tempo e nenhum mecânico consegue resolver isso.
Independente da qual marcha eu estar andando com ela, se eu estiver em torno de uns 3.000 RPM e manter essa aceleração, ela começa a falhar dar uns soquinhos, (tipo engasgando), mas se eu estiver sempre acelerando aumentando a velocidade, ela fica normal mesmo, fora disso ela engasga, alguém sabe o que poderia ser?
Ela ja está com 13.000 Km, ainda não troquei os filtros de ar, as velas delas estão novas foi checado, os parametros do C0 dela estão como os padrões de fabrica todos ZERADOS. Ja levei na YAMAHA em três oficinas ainda está na garantia...na 1º oficina, tres mecanicos disseram que era normal isso, na 2º disseram que era filtro de ar, na ultima agora disseram que era vela, vela não pode ser, tirei e chequei ela está ótima, sendo que nas duas primeiras oficinas tbm checaram e constataram que a vela está boa ainda..
Minha Opinião
vou postar uma conclusão que eu achei...
AXT foi projetada errada, jamais ela teria que ter um suspiro de óleo do motor passando pela CAIXA DE AR, no qual interfere na mistura ar combustível, correto?
Agora imagina o ar passando pelo filtro de ar e se misturando com gases do próprio motor que vem fumaça, óleo etc...talvez os apagões, esses trancos e td mais a respeito de consumo de combustível, não está relacionado a isso?
Mais um relato, ela tem um problema de mandar óleo na caixa de ar, semana passada, relatei esse problema ao 3º mecânico, simplesmente ele disse que é normal encharcar um filtro de ar dela, disse que poderia viajar com ela sem problemas, caso acontecesse de novo, teria que abrir o motor dela, para verificar se uma peça, que nao lembro o nome estaria estragada, é do tipo um retentor que não deixa vazar óleo pra caixa de AR, o que pode ser tbm seria isso, muito óleo na caixa de AR relacionado com o oxigenio la dentro e não da uma mistura rica pra queima de combustível...pode ser tbm isso, ela tem quase 1 mes pra sair da garantia, vou leva-la pegar comprovante do que eu ja teria feito, se não resolverem PROCON NELES

Boeira
25/10/2009, 03:40 PM
Sergio,

Olha, eu acho que isso é uma caracteristica da XT 660, posso até estar enganado...

Mas a minha também dá esses soquinhos, quando ando em baixa rotação e velocidade(desde 0km), e quanto a caixa de filtro de ar, a minha também acontece isso, umedece de óleo...

Só para constar, hoje minha XT 660 2008 está com 25.000 km, no mais tudo tranquilo.

Talarico
26/10/2009, 08:52 AM
Experimenta reduzir uma marcha quando isto acontece, creio que e tipico de nossas maquinas.

Carlos-BSB
26/10/2009, 06:31 PM
Eu ACHO que é devido ao escalonamento das marchas. Ela simplesmente não aceita marcha mais alta estando com pouca velocidade. Fica parecendo um cavalo. TÓTÓTÓTÓ . Reduza uma marcha me enrola o cabo pra ver a bicha ficar redonda de novo. Isso é fato. QuanTo a óleo no filtro, tô por fora.

Pacheco Polizel
27/10/2009, 09:05 AM
zerocom e boeira

a minha ex- (falcon) tinha esse mesmo problema de óleo na caixa do filtro de ar , me disseram que era ecesso de óleo , na falcon a tubulação do respiro do motor passa pela cx do filtro de ar também , isso fazia eu abrir constantemente a caixa pra limpar ela e retirar o óleo pois não descia pelo dreno .

quanto aos cortes acho que o problema deve ser com a injeção mesmo eu não entendo nada mas um carro que eu tinha sempre dava uns pau de falhar e gastar loucuras , o mecânico disse que tinha que desligar a bateria pra resetar o módulo ???

barriga
08/11/2009, 05:22 PM
"A XT foi projetada errada, jamais ela teria que ter um suspiro de óleo do motor passando pela CAIXA DE AR, no qual interfere na mistura ar combustível, correto?
Agora imagina o ar passando pelo filtro de ar e se misturando com gases do próprio motor que vem fumaça, óleo etc"

Todo motor 4 tempos tem esse sistema de recirculação de gases....tanto em moto quanto em carro.

Arnilton
08/11/2009, 05:55 PM
É a minha tambem não anda "lisinha" em baixa, ai eu fiso só passando marcha, quando passo para cima fica dando esses socos, quando reduzo fica com o motor cantano em alta. O filtro de ar nem mexi, nem axei por onde desparafusa.

Talarico
08/11/2009, 07:52 PM
Galera, isto e normal de qualquer veiculo, entre em um carro, e engate 4 ou 5 em baixa, qual e a resposta do veiculo ??

TBR2008
13/11/2009, 08:30 PM
Pessoal boa noite. Bom sou novo aqui no fórum, mas tenho um amigo que teve problemas parecido com esses cortes em baixa e média rotação. O problema dele foi encontrado por um mecânico da yamaha que constatou que no pedal da Xt tem uma sisteminha de segurança que não permite que se dê partida nela com o pedal aberto. O mesmo estava em curto e dando passagem para os 'cortes' que ele sentia na moto. Acho que deveria olhar esse sistema.

Pacheco Polizel
13/11/2009, 09:20 PM
o corte de giro que a minha xt dá é quando enrrola o cabo até o ultimo ja fiz isso 2 vezes fiz em 2ªmarcha e vom 94 km/h ela cortou o giro , mas cortar que eu digo é quando ela faz uuuololololoololooo ;D

ept.mario
04/12/2009, 01:51 PM
Sou tão novo de XT, que não entendi nada.

Pacheco Polizel
04/12/2009, 03:34 PM
Sou tão novo de XT, que não entendi nada.


no meu entender tem 3 tipos de cortes:

- corte de ignição (apagão) causado por alguns fatores que depois vc vai entender melhor
(deve ser grave e tem que ser resolvido)

- socos durante aceleração
(deve ser grave e tem que ser resolvido)

- corte na aceleração a moto sai de giro quando vc enrrola o cabo (acelera ela até o último) ela faz aquele som tipico : uuuulólólólóló
(não é nenhum problema)

UNSCARRED
16/12/2009, 05:40 PM
Ouvi dizer por aê que esses pipocos em baixas rotações acontecem por uma falha de projeto no sistema de injeção eletrônica que não tem o sensor lâmbida que verifica a mistura de gases. Maasssss.. como foi mencionado aí acima, tem que saber separar o que é engasgo por causa de combustível ruim ou injeção, de engasgo porque está de vagar com marcha muito alta, dentre outros.

Segundo o mesmo relato que ouvi, as Xt mais novas já estão vindo com sensor lâmbida e o problema foi resolvido, mas é tudo especulação hein galera, nada de fontes confiáveis.

abráx..

everton290
16/12/2009, 09:01 PM
concordo com a questão de que a "FALTA DE SONDA LAMBDA" é um problema... a sonda é fundamental na injeção pra regular a mistura "ar/combustivel"... pode ser mesmo um problema na mistura que ta ocasionando esses "cortes"...
meu carro depois que turbinei dava uns "micro cortes" que por incrivel que pareça só eu sentia, nenhuma pessoa que eu levasse pra andar percebia, mas eu sabia q ele tava cortando, aí resolvi o problema colocando uma bobina grande e cabos de vela mais fortes (então pode ser problema eletrico tb)

a questão de ir oleo pro filtro de ar é VEDADOR DE VALVULAS... nos carros pelos menos quando começa sujar o filtro de ar com oleo é problema nos vedadorzinhos... estranho acontecer tão precocemente (motor com 13 mil km ??? )

ept.mario
16/12/2009, 09:57 PM
a partir de que ano tem sonda lambida

everton290
16/12/2009, 10:07 PM
a partir de que ano tem sonda lambida


então mario, pra ser sincero nem sabia que algumas 66 não tem sonda lambda...
achei que a sonda fosse padrão em todo motor injetado mais moderno... (a não ser pelos primeiros uno eletronic e elx que tinham um sistema muito loko)

tudo o que falo é baseado em funcionamento de motor de carro (sempre mexi com carros), como ja disse, em moto sou leigo ehhehe
mas no caso do carro, quando a sonda queima o maior sintoma é que o consumo aumenta pa caraleo, em alguns casos a lenta fica ruim (as vezes alta, as vezes baixa) e a luz da injeção fica acesa no painel, indicando que algo não está funcionando corretamente... se essa luzinha acender é bom não ignora-la ehehhehe

Barah
16/12/2009, 10:59 PM
As primeiras XT66, de 2005 até 2008 tem a injeção com controle malha aberta, sem sensor de O2.

A partir de 2009 com controle malha fechada, incluindo o sensor de O2.

Para automóveis o sistema é melhor porque o controle de marcha lenta se faz pelo motor de passo. Na Xt66 o carburador fica estático somente modulando o TIMING do bico injetor.

As irregularidades do motor desta moto vão muito além da imaginação ;D

Dica: suba a marcha lenta até o limite máximo indicado no manual. Ande sempre com o motor cheio, pois marcha alta + rotação baixa não é boa tocada para a XT66.

Abs

everton290
16/12/2009, 11:20 PM
Barah, valeu pelo esclarecimento!

será q o modelo de injeção mudou bastante nas 2009 então?

de fato, nos carros com injeção a marcha lenta é regulada por um "atuador", mas segundo o que li da 660, a lenta dela é regulada por parafuso ainda... (se tivesse atuador resolveria o problema de morrida de motor)

me parece que o sistema de injeção da 66 poderia ser melhor se comparado à tecnologia que existe disponível!

detálhe - a sonda lambda é um "NARIZ" enfiado no escape, responsável por deixar o motor mais economico e menos poluente pois é ela que diz se o motor está disperdiçando combustivel (excesso) ou esta com a mistura pobre... dessa forma ela manda sinal pra central a qual corrige a mistura e otimiza a queima! ... taura né 8)

DrCidão
21/12/2009, 11:26 AM
Bom dia. amigos, tenho uma XT660r 2009\2010, ela tem esse problema de cortar, mais eu troquei o scape dela, coloquei um scape coyote dai ela começou a falhar, até fui subir em uma calçada com um garupa e ela morreu, cai e quebrou o manete direito do freio dianteiro, segundo o mecanico da yamaha, ela precisava ser regulada o ar\combustivel, amanhã dia 22\12\2009, vou levar ela na concessionaria para ver isso, vmos ver o que ele vai arrumar, pois ja li tanta coisa que ja fiquei piradu, com o que ja ouvi..... em questão a esta valvula lambida que tem no scape pra fazer a leitura dos gases, vou meinformar melhor, depois e u posto pra vcs. ok.... eu tinha durante 4 anos uma xt600 carburada ano 98\98, agora resolvi comprar essa, ou melhor me da de natal, e ja to arrependidu, pois me parece que comprei uma merda.... e ainda cai com ela, eu andu de moto a mais de 22 anos e graças a Deus nunca cai, nem paradu, agora com essa merda de corte na aceleração, acabaei caindu.... se alguem tiver uma solução pra mim por favor poste ai... brigadão...... ::) ???

everton290
21/12/2009, 02:54 PM
Bom dia. amigos, tenho uma XT660r 2009\2010, ela tem esse problema de cortar, mais eu troquei o scape dela, coloquei um scape coyote dai ela começou a falhar, até fui subir em uma calçada com um garupa e ela morreu, cai e quebrou o manete direito do freio dianteiro, segundo o mecanico da yamaha, ela precisava ser regulada o ar\combustivel, amanhã dia 22\12\2009, vou levar ela na concessionaria para ver isso, vmos ver o que ele vai arrumar, pois ja li tanta coisa que ja fiquei piradu, com o que ja ouvi..... em questão a esta valvula lambida que tem no scape pra fazer a leitura dos gases, vou meinformar melhor, depois e u posto pra vcs. ok.... eu tinha durante 4 anos uma xt600 carburada ano 98\98, agora resolvi comprar essa, ou melhor me da de natal, e ja to arrependidu, pois me parece que comprei uma merda.... e ainda cai com ela, eu andu de moto a mais de 22 anos e graças a Deus nunca cai, nem paradu, agora com essa merda de corte na aceleração, acabaei caindu.... se alguem tiver uma solução pra mim por favor poste ai... brigadão...... ::) ???


poxa cara, q pena q vc caiu.. mas não desanime da moto, esse negocio de apagar é qualquer coisinha, não é um problema crônico... depois q vc pegar o jeito da moto vai ver que a xt 600 é coisa do passado e que a 660 é muito melhor em tudo (segundo relato de 99% dos camaradas que tinham 600 e trocaram por 660)

o negocio do corte na lenta ja vi dois motivos a serem verificados: o primeiro é a lenta (que na XT 660 regula no parafuso)... o fato de deixar a lenta mais alta ja elimina 90% dessas "morridas" segundo os proprios DONOS...
e uma outra coisa q muitos donos de 660 me falaram é q o interruptor de partida (aquele botãozinho vermelho pra desligar a moto) da uns mal contato e faz a moto apagar... então pode ser nele tambem, mas é coisa simples demais de resolver...

esse lance da mistura "ar/cobustivel" é interessante de ser verificado tambem se ela não tiver sonda lambda... (pq se ela ja tiver sonda aí a propria sonda se incarrega de mandar a informação pra central equilibrar a mistura)

talvez com um desses detálhes vc ja resolva o problema...

Pacheco Polizel
21/12/2009, 07:08 PM
Bom dia. amigos, tenho uma XT660r 2009\2010, ela tem esse problema de cortar, mais eu troquei o scape dela, coloquei um scape coyote dai ela começou a falhar, até fui subir em uma calçada com um garupa e ela morreu, cai e quebrou o manete direito do freio dianteiro, segundo o mecanico da yamaha, ela precisava ser regulada o ar\combustivel, amanhã dia 22\12\2009, vou levar ela na concessionaria para ver isso, vmos ver o que ele vai arrumar, pois ja li tanta coisa que ja fiquei piradu, com o que ja ouvi..... em questão a esta valvula lambida que tem no scape pra fazer a leitura dos gases, vou meinformar melhor, depois e u posto pra vcs. ok.... eu tinha durante 4 anos uma xt600 carburada ano 98\98, agora resolvi comprar essa, ou melhor me da de natal, e ja to arrependidu, pois me parece que comprei uma merda.... e ainda cai com ela, eu andu de moto a mais de 22 anos e graças a Deus nunca cai, nem paradu, agora com essa merda de corte na aceleração, acabaei caindu.... se alguem tiver uma solução pra mim por favor poste ai... brigadão...... ::) ???



vc modificou o escapamento isso altera a mistura da moto leva na concessionária pra eles fazerem alguma regulagem ;)

acho que vc caiu de maduro e tá colocando desculpa na moto por ela ter morrido ;D
brincadeira !!! ja vi muita gente cair na minha frente de falcon, não deixe essa magoa estragar o prazer do seu presente ;)

Ricardo cabação
01/02/2010, 09:57 PM
Bom caros Amigos!
Tenho uma super moto não posso negar!a fera é do ano 2006,preta,e se encontra com 18.000km,filé!
À algums dias a moto se engasga internitentemente! quando tenho sorte,pois às vezes ela apaga por completo o motor,me deixendo até as vezes em cituação de risco!
Assim que paro,desligo a chave e religo, ela liga normal!!!!!!!
E às vezes,quando viro a chave o barulhinho da injeção falha,tipo piscando,internitente
às vezes nem o baruhinho dá!!!e o motor nao dá nem sinal de vida!,já fiz o chec-up pelo painel que um fera ensinou neste site,e as referências bateram perfeitamente,à propósito exelentes dicas,vejo que os relatos do site são bastante acessados, então se algum fera já teve este problema com sua xt me informe o que eu faço!
obs: estes problemas aparecem às vezes,muitos de meus passeios ela se comporta super bem,mas realmente acontece!

paolowo
02/02/2010, 10:21 PM
a xt ja trabalha com mistura pobre,combinada com gasolina ruim = problemas ,,,usa podium que melhora se puder bota um power commander

Ricardo cabação
04/02/2010, 11:01 AM
É posso mudadr de posto!sempre abasteço sistematicamente no mesmo posto! vou tentar a podium,somente ela por um tempo vamo ver se some o bizíu! obrigado!! RICARDO

paolowo
09/02/2010, 10:13 AM
tem a regulagem de CO que voce pode fazer no proprio painel da moto,tem um tutorial aqui no forum

ept.mario
09/02/2010, 05:33 PM
meu carro eu abasteço em qualquer lugar, a xt 660 eu só apbasteço no petrobras e só aditivada. No manual dela tá escrito para usar aditivada.

lbernardes
13/03/2010, 12:38 PM
Estou com o mesmo problema na minha xt 660 ela ta cortando em baixa chega morre e canta até pneu já levei no mecanico ele limpou a parte de injeção e a moto ficou otima mas passados 15 dias o problema voltou. levei pra ele de novo ele falo que podia ser bomba,me deu um susto custa 1600,00 mas mediu não era troquei a vela não era agora acha que é sensor de borboleta mas que não tinha como medir agora levei para yamaha e esperando a 3 dias a solução estou quase louco alguem pode me da uma luz.

Barah
15/03/2010, 10:45 PM
Estou com o mesmo problema na minha xt 660 ela ta cortando em baixa chega morre e canta até pneu já levei no mecanico ele limpou a parte de injeção e a moto ficou otima mas passados 15 dias o problema voltou. levei pra ele de novo ele falo que podia ser bomba,me deu um susto custa 1600,00 mas mediu não era troquei a vela não era agora acha que é sensor de borboleta mas que não tinha como medir agora levei para yamaha e esperando a 3 dias a solução estou quase louco alguem pode me da uma luz.



Se a marcha lenta estiver abaixo dos 1500 rpm pode apresentar o sintoma de apagar o motor nas reduções de rpm. O sensor TPS passou por RECALL nas primeiras unidades, procure se infomar.
Saiba diferenciar erro de funcionamento - necessidade de manuteção - ou característica normal da XT66 morrer em baixas rotações - aumentar a marcha lenta para 1500 rpm te livra de muitas incomodações.

Abs

fabielglauco
22/04/2010, 02:37 AM
Enfrento a mesma situação descrita pelo ZEROCOM no post inicial.
Diversas vezes sinto a moto dando alguns tranquinhos, como se estivesse falhando, mas somente quando tento manter uma velocidade uniforme em marcha mais reduzida. Um ótimo exemplo de quando isso acontece são nas lombadas eletrônicas daqui da cidade. A velocidade máxima é de 50 km/h. Tento manter uma velocidade de 40 a 45 em 2ª marcha e a moto parece falhar ou engasgar. Se eu aumentar a rotação isso some mas por ter velocidade controlada fica complicado aumentar. Além disso, 40 a 45 km/h é uma velocidade incompatível com 1ª marcha e também com a 3ª. Em primeira a rotação fica bem alta e em terceira chega a bater a corrente devido a baixa velocidade.

Vi o pessoal dizendo pra diminuir uma marcha, outro dizendo que esses engasgos é o mesmo problema que ocorre ao andar em 4ª marcha num carro em uma velocidade baixa e cheguei a ler em algum lugar que esse era problema causado por usar gasolina "aditivada" e que ao colocar gasolina comum isso parava. Também notei que em certo momento o assunto passou a ser motor "morrendo" em baixa rotação. Queria só deixar bem claro que a situação é de a moto falhar/engasgar ao manter uma velocidade constante como no caso do radar descrito acima.
Todas as XT's tem isso? Ainda não tive a oportunidade de andar em outra XT para averiguar mas é uma coisa que tem me deixado com a pulga atrás da orelha.

Alguém ai poderia confirmar?

Arnilton
22/04/2010, 09:26 AM
Enfrento a mesma situação descrita pelo ZEROCOM no post inicial.
Diversas vezes sinto a moto dando alguns tranquinhos, como se estivesse falhando, mas somente quando tento manter uma velocidade uniforme em marcha mais reduzida. Um ótimo exemplo de quando isso acontece são nas lombadas eletrônicas daqui da cidade. A velocidade máxima é de 50 km/h. Tento manter uma velocidade de 40 a 45 em 2ª marcha e a moto parece falhar ou engasgar. Se eu aumentar a rotação isso some mas por ter velocidade controlada fica complicado aumentar. Além disso, 40 a 45 km/h é uma velocidade incompatível com 1ª marcha e também com a 3ª. Em primeira a rotação fica bem alta e em terceira chega a bater a corrente devido a baixa velocidade.

Vi o pessoal dizendo pra diminuir uma marcha, outro dizendo que esses engasgos é o mesmo problema que ocorre ao andar em 4ª marcha num carro em uma velocidade baixa e cheguei a ler em algum lugar que esse era problema causado por usar gasolina "aditivada" e que ao colocar gasolina comum isso parava. Também notei que em certo momento o assunto passou a ser motor "morrendo" em baixa rotação. Queria só deixar bem claro que a situação é de a moto falhar/engasgar ao manter uma velocidade constante como no caso do radar descrito acima.
Todas as XT's tem isso? Ainda não tive a oportunidade de andar em outra XT para averiguar mas é uma coisa que tem me deixado com a pulga atrás da orelha.

Alguém ai poderia confirmar?


A sua ta com quantos Km? em marcha lenta quantos RPM? a minha engasga um pouco ai sempre ando em alta.

fabielglauco
22/04/2010, 11:28 AM
Não qual a RPM. É na média de 25 a 30 km/h em 1ª, 40 a 45 km/h em 2ª, 60 km/h em terceira. Ainda não tive a curiosidade de deixar os RPM's na tela pra ver em quantos RPM dá tilt.
Eu até entendo esse lance de andar em alta, realmente funciona. Mas andar em 1ª a 50 por hora não rola, né?

Alexandre
22/04/2010, 01:29 PM
Fabiel, assim que eu montar minha moto, reparo se é assim também!

http://xt660.com.br/showthread.php?568-Ventoinha-barulhenta/page2

Arnilton
22/04/2010, 02:18 PM
Não qual a RPM. É na média de 25 a 30 km/h em 1ª, 40 a 45 km/h em 2ª, 60 km/h em terceira. Ainda não tive a curiosidade de deixar os RPM's na tela pra ver em quantos RPM dá tilt.
Eu até entendo esse lance de andar em alta, realmente funciona. Mas andar em 1ª a 50 por hora não rola, né?


qual o RPM com ela ligada, parada, e sem acelerar ?

Barah
22/04/2010, 05:51 PM
Enfrento a mesma situação descrita pelo ZEROCOM no post inicial.
Diversas vezes sinto a moto dando alguns tranquinhos, como se estivesse falhando, mas somente quando tento manter uma velocidade uniforme em marcha mais reduzida. Um ótimo exemplo de quando isso acontece são nas lombadas eletrônicas daqui da cidade. A velocidade máxima é de 50 km/h. Tento manter uma velocidade de 40 a 45 em 2ª marcha e a moto parece falhar ou engasgar. Se eu aumentar a rotação isso some mas por ter velocidade controlada fica complicado aumentar. Além disso, 40 a 45 km/h é uma velocidade incompatível com 1ª marcha e também com a 3ª. Em primeira a rotação fica bem alta e em terceira chega a bater a corrente devido a baixa velocidade.

Vi o pessoal dizendo pra diminuir uma marcha, outro dizendo que esses engasgos é o mesmo problema que ocorre ao andar em 4ª marcha num carro em uma velocidade baixa e cheguei a ler em algum lugar que esse era problema causado por usar gasolina "aditivada" e que ao colocar gasolina comum isso parava. Também notei que em certo momento o assunto passou a ser motor "morrendo" em baixa rotação. Queria só deixar bem claro que a situação é de a moto falhar/engasgar ao manter uma velocidade constante como no caso do radar descrito acima.
Todas as XT's tem isso? Ainda não tive a oportunidade de andar em outra XT para averiguar mas é uma coisa que tem me deixado com a pulga atrás da orelha.

Alguém ai poderia confirmar?


É característico do conjunto motor X transmissão e... sensoriamento do motor. A solução é encher o motor mesmo.

Abs

Anwar
22/04/2010, 06:18 PM
Fabiel,

Em qualquer rotação que piloto minha moto, ela responde normalmente. (xt660 2006 sem sonda lambda).
Falhadas e engasgadas com certeza é anormal. Sugiro que encaminhe sua moto a uma concessionária autorizada para identificarem o problema.

Abraço.




Enfrento a mesma situação descrita pelo ZEROCOM no post inicial.
Diversas vezes sinto a moto dando alguns tranquinhos, como se estivesse falhando, mas somente quando tento manter uma velocidade uniforme em marcha mais reduzida. Um ótimo exemplo de quando isso acontece são nas lombadas eletrônicas daqui da cidade. A velocidade máxima é de 50 km/h. Tento manter uma velocidade de 40 a 45 em 2ª marcha e a moto parece falhar ou engasgar. Se eu aumentar a rotação isso some mas por ter velocidade controlada fica complicado aumentar. Além disso, 40 a 45 km/h é uma velocidade incompatível com 1ª marcha e também com a 3ª. Em primeira a rotação fica bem alta e em terceira chega a bater a corrente devido a baixa velocidade.

Vi o pessoal dizendo pra diminuir uma marcha, outro dizendo que esses engasgos é o mesmo problema que ocorre ao andar em 4ª marcha num carro em uma velocidade baixa e cheguei a ler em algum lugar que esse era problema causado por usar gasolina "aditivada" e que ao colocar gasolina comum isso parava. Também notei que em certo momento o assunto passou a ser motor "morrendo" em baixa rotação. Queria só deixar bem claro que a situação é de a moto falhar/engasgar ao manter uma velocidade constante como no caso do radar descrito acima.
Todas as XT's tem isso? Ainda não tive a oportunidade de andar em outra XT para averiguar mas é uma coisa que tem me deixado com a pulga atrás da orelha.

Alguém ai poderia confirmar?

ept.mario
22/04/2010, 06:43 PM
Eu comecei abastecer com gasolina comum. Parece que melhorou os engasgos em velocidade baixa.

fabielglauco
22/04/2010, 10:36 PM
qual o RPM com ela ligada, parada, e sem acelerar ?


Acessei o sistema de diagnóstico e não tem nenhum erro gravado. A RPM dela parada estava em aprox 1250. Coxei o parafuso para deixar em 1400 rpm.

Anwar, a minha moto responde normalmente em qualquer situação. O problema não está na resposta da moto. Só ocorrem alguns tranquinhos nessa faixa de 2ª a 40 km/h.

Sei que pode parecer bobagem e até já comentei com o Alexandre SP num encontro em que estivemos juntos. Nesse final de semana vou trocar a relação da moto. A coroa e o pinhão estão bons mas a corrente tá com 2 ou 3 elos travados e nas reduções sinto bastante os elos defeituosos na vibração da moto. Vai que esses trancos sejam decorrentes dos elos defeituosos ao invés de algum problema de aceleração. Também vou experimentar colocar gasolina podium e gasolina comum pra ver se altera em alguma coisa.

fabielglauco
07/05/2010, 09:23 PM
Tudo acertado, corrente e relação nova, vela OK. Continua a mesma coisinha irritante. em 2ª marcha a 35 km/h dá uns soquinhos/pulinhos. Ninguém mais notou nada parecido em suas XT 66?

Barah
07/05/2010, 09:36 PM
Tudo acertado, corrente e relação nova, vela OK. Continua a mesma coisinha irritante. em 2ª marcha a 35 km/h dá uns soquinhos/pulinhos. Ninguém mais notou nada parecido em suas XT 66?

Vc não é obrigado a acreditar no que escrevo... concordo. Então peça emprestado uma XT66 e faça o teste.

A propósito, se conseguir resolver esta falha me comunique, pois poderá até fazer dinheiro com a solução.

Abs

fabielglauco
09/05/2010, 11:48 PM
Vc não é obrigado a acreditar no que escrevo... concordo. Então peça emprestado uma XT66 e faça o teste.

A propósito, se conseguir resolver esta falha me comunique, pois poderá até fazer dinheiro com a solução.

Abs

Eu acredito em você. Não precisa de stress, hehehehe.
Só postei uma resposta com relação a troca da relação que eu falei que ia fazer. Será que a XT 2010 tem a mesma coisa?

NicoOffroad
20/05/2010, 06:24 PM
Isso é uma caracteristica da moto! Motor monocilindrico de alta taxa de compressão c/ MUITO torque!
Eu recomendo um escape esportivo p/ amenizar.
Depois que troquei o escape original por um pro tork v pro, a moto ficou mais solta e lisa pra rodar em baixas rotações. Alterei a posição do TPS pra corrigir a mistura e pronto.(coisa que duvido que alguma concessonária faça)
Só não me livrei dos apagões pois insisto em manter a lenta dela em 1300-1350 RPM.(Deixando em 1500 parece que tá c/ o afogador puxado... rsrs)
Abçs

fabielglauco
22/06/2010, 11:42 PM
Eu creio que consegui resolver o problema da aceleração nao ser constante na minha XT.
No inicio eu imaginava que poderia ser a relação. Peguei a moto com 14.000 e a relação meses sem lubrificação. Alguns elos estavam totalmente travados e mesmo depois de um tempo nao voltaram ao normal.
Troquei a relação e mesmo assim continuou o problema. Notei que quando estava com garupa era pior. Comecei a notar que esses solavancos eram da corrente. Deixei a corrente com uma folga um pouco maior e esses solavancos todos pararam. Algumas vezes quando eu reduzia e voltava a acelerar dava um tranco forte e tentar manter 40 km/h era quase impossível.

Agora a minha XT ta redondinha. Nada de trancos ou solavancos em velocidade baixa.

zerocom
23/06/2010, 01:07 AM
Amanhã mesmo vou fazer isso pra ver se para com esses trancos, isso pra mim é o unico ponto negativo na XT, enche o saco pra caraio

zerocom
23/06/2010, 01:10 AM
Alexandre la no ORKUT XT 660 R ESCREVEU:

Faz sentido.
Pensemos juntos...

Quando a moto está em aceleração, a folga da corrente permanece na parte de baixo da balança. Quando está desacelerando, a folga passa para a parte de cima da balança.

Se a corrente estiver sem nenhuma folga, quando a injeção der uma falha, o freio motor transmitirá torque instantaneamente para a roda, irritando o usuário (huahuahua).

Se corrente estiver com folga, haverá um atraso nessa transmissão de torque quando se inverte a situação aceleração/frenagem. Se esse atraso for maior do que o tempo que dura a "falhada" que a injeção dá, não sentiremos o tranco.

Pensando mais a fundo ainda, reparo que várias vezes a moto parece que vai dar esse "tranco" e não acontece, e apenas ouço um som na corrente. Como o tranco acontece exatamente na condição em que a corrente não está sendo tracionada, isso faz muito sentido.
E por coincidência ou não, nessa última semana a moto tem dado muito menos trancos, apesar de eu estar prestando mais atenção ainda. E por ser fim de semestre não deu tempo esticar a corrente...

É claro que não é a causa raíz do problema, mas isso já ajuda e muito.

Muito bom mesmo!


Faz sentido mesmo !!!

zerocom
27/06/2010, 03:03 AM
DESISTO !!!!

Fiz o este da corrente e continua a mesma merda...qndo tiver em velocidade constante vou procurar pensar em estar com a PRISCILA DO BBB...pq essa orcaria desses trancos me irrita de tal maneira, fui seco e feliz fazer o teste em afrouxar a corrente pra ver se acabava com os tranquinhos.....não mudou em nadaos trancos, voltei a corrente no lugar e toda vez que ela começa a dar os tranquinhos meu pensamento vai la na priscila do bbb....hehehehhe
quer coisa melhor ?

Eduardo Nascentes
16/08/2010, 03:56 PM
uuuololololoololooo!!!!!!!!!!! KKKKKKKKKKKKKKKK........ Pior que é isso mesmo...... kkkkkkkkkkkkkkk.............

klebercdias
25/10/2010, 12:55 AM
Olá Galera, sou novo por aqui! Olha só, minha XT também está apresentando este problema, mas foi depois que levei em um mecânico para uma revisão, diz ele que regulou a marcha lenta tirando a ondulação da aceleração. Ele mexeu em um parafuso da injeção que fica do lado esquerdo, uma pecinha preta, disse que era da passagem do ar.

E aí pronto, a moto está horrível, principalmente quando a moto está com a aceleração baixa. Isto não é normal galera! Antes de mexer estava uma maravilha! Alguém sabe regular esta peça?

Valeu galera!

http://lh5.ggpht.com/_OqRfOeiqtJU/TMTvhHfUzxI/AAAAAAAAAIM/wG3swZzvI_c/s1024/xt660.jpg

klebercdias
29/10/2010, 10:01 PM
ai galera, o problema foi resolvido trocando a vela, agora a moto esta um tiro! té +

fabielglauco
01/12/2010, 12:59 AM
Pessoal que tem a XT com sonda lambda, também notam essa instabilidade na aceleração da XT?

zerocom
22/09/2011, 01:39 AM
Salve amigos
Não melhorou por completo, mas amenizou em 70% o problema.
Fiz a revisão de 20 mil e mandei limpar o bicos injetor,
melhorou no consumo e rendimento, fizeram a regulagem de valvula, troca da vela, filtro de ar
e a limpeza de bico, mas faltou uma coisa pra completar, nao era só limpar o bico e sim limpeza por completo todo o aparelho TBI (acho que é isso né)
Mas melhorou bastante,

Leonardo13
23/09/2011, 02:59 AM
Quanto ficou a limpeza da injeção completa ?

zerocom
23/09/2011, 06:00 PM
só a limpeza ficou em torno de 30 reais

Leonardo13
24/09/2011, 02:14 AM
Nossa para ser em uma CC yamaha até que saiu barato a limpeza !!!

Otom
17/07/2012, 08:35 PM
Isso com certeza é caracteristico da moto Xt660, não se preocupe, pois a minha tb. faz isso desde 0km.